LIDA

Trazia no corpo certa marca dura...
A vida.
E que mesmo manchada sangra, sofrida
Passa desapercebida e tropega a lida,
com a falsa missão de alimentar
E que mesmo estando fraco ostenta,
nas mãos cansadas a ferramenta
que não faz senão enriquecer as mãos de quem tudo já possui.
E que esta injusta roda, a viva
encarregue-se dessa gente fraca, omissa
e devolva a cada qual o que melhor lhes caber.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: